Category Archives

21 Articles

Finanças

Importância do código com banco

Posted by adminfolhas on

Em toda transferência realizada de uma instituição bancária para outra é solicitado o código banco da de destino. Pode ser confuso com tantos bancos existentes no mercado financeiro, mas é necessário e muito importante para a transação bancária. Continue o texto para entender a importância desse código.

Código banco – o que é

O código banco foi intitulado pelo Banco Central como uma forma ágil de identificar cada um dos bancos existentes na hora de uma transferência bancária. Isso quer dizer que ao realizar um TED ou um DOC você precisará informar esse número e, após concluído, esse código passará pelo sistema de análise do Banco Central permitindo que o banco destino receba o dinheiro enviado.

Esse código se chama COMPE, que quer dizer Sistema de Compensação de Cheques e Outros Papéis, e ele é composto por 3 dígitos numéricos que servem para identificar um banco. Isso quer dizer que cada banco possui seu próprio código cadastrado no sistema e que não é possível haver erros em uma transação bancária.

Basicamente funciona da seguinte forma: você vai realizar uma transferência e é solicitado o código banco COMPE da instituição para a qual irá transferir, então é só expandir as opções disponíveis e achar a desejada. Após você concluir a transação bancária, esses dados são enviados para o sistema de análise do Banco Central, ou seja, todos os dados como nome, CPF, conta, agência e o código são conferidos para ter a certeza de que pertencem à mesma pessoa. 

Pode ser que você não encontre nas opções o código de três dígitos do banco que busca, portanto a instituição bancária que procura não possui cadastro no COMPE. Isso quer dizer que você terá de procurar o código ISPB dela.

O código ISPB possui a mesma finalidade que o outro, a única diferença é que ele não é composto por três dígitos, mas sim por oito. Atualmente se tornou raro encontrar um banco que não possua o COMPE, mas sempre existem exceções.

O que fazer se o código banco estiver errado

Caso você conclua a transação bancária com um código banco diferente do que realmente buscava, os dados informados não irão bater na análise do sistema bancário e o dinheiro transferido irá ser devolvido para a conta original.

É importante que você preste muita atenção na hora de preencher os dados, pois caso você preencha alguma informação errada, até o banco analisar você pode atrasar uma conta ou dívida, por exemplo.

Finanças

O que acontece se errar o código do Banco do Brasil na transferência?

Posted by adminfolhas on

 

O código Banco do Brasil é fundamental quando um usuário precisa realizar transferências a outro banco. Portanto ele precisa ser inserido adequadamente de forma que o sistema bancário seja capaz de reconhecer a origem e o destino da transação.

Atualmente essas transações são realizadas de forma computadorizada. Por isso, é mais importante ainda que você insira o código Banco do Brasil corretamente. Vejamos adiante o que poderia acontecer caso você digite errado o código Banco do Brasil.

Erro ao digitar o código Banco do Brasil pode enviar o dinheiro para a conta errada

Apesar de ser uma possibilidade remota porque estatisticamente falando há números de conta muito variados e também a identificação dos números das agências que são muito diferentes. Somente colocar o código Banco do Brasil errado poderá fazer com que haja um erro na hora de fazer o depósito impedindo que você conclua a transação. Porém há uma possibilidade remota, caso você digite um número de conta de outra pessoa e de agência que o dinheiro caia em conta errada ou até transação a uma conta inexistente. Em ambos os casos, você poderá realizar um contato com a agência bancária solicitando a devolução do dinheiro.

Código Banco do Brasil errado e devolução do dinheiro

Essa possibilidade é muito mais realista com grandes chances de acontecer. Os sistemas bancários são muito seguros e geralmente mais dados precisam estar cruzados adequadamente para que a operação seja autorizada. Isso com certeza garantirá a segurança do seu dinheiro. E caso a transação seja feita com o código Banco do Brasil errado, o valor será automaticamente devolvido ao correntista.

Código Banco do Brasil errado e impossibilidade de finalizar a transação

Esse caso é o mais comum de ocorrer e pode impedir que você finalize a transação independentemente se for depósito ou transferência. Caso você erre o código Banco do Brasil o mais provável com os sistemas atuais de informatização é que você não consiga finalizar. O próprio sistema do Banco lhe avisará que o código foi digitado errado ou escolhido errado na lista e que não há contas correntes de tal banco ou que os dados não correspondem a nenhuma conta ou com a agência escolhida.

 

Se você digitou o código Banco do Brasil errado

Não se preocupe você provavelmente não conseguirá finalizar a transação, portanto nenhum dinheiro será sacado de sua conta. No entanto caso você tenha o infortúnio de conseguir finalizar a transação e a transferência seja realizada atente-se às seguintes dicas:

  • Entre em contato imediatamente com o SAC do seu banco para cancelar a transação e obter a devolução do seu dinheiro.
  • Acesse o seu extrato e verifique se o dinheiro não foi automaticamente devolvido após não reconhecimento da transação.

Conclusão

Neste artigo falamos sobre o que acontece se você errar o código do Banco do Brasil na transferência. Analisamos como o sistema bancário atualmente já é projetado para evitar esse tipo de erro oferecendo uma lista com o nome do banco ou impedindo que o usuário que digite errado e conclua a transação.

Você gostou desta postagem? Não se esqueça de deixar o seu like e compartilhar com todos essas importantes informações explicadas aqui!

 

Finanças

Código do Banco Santander: Para que serve?

Posted by adminfolhas on


Uma das maiores dúvidas dos clientes das instituições financeiras, seja ela qual for, é o porquê de serem solicitados códigos para transferências. Se ao tentar fazer uma transação o app te solicitou um
código Santander ou qualquer outro, saiba o porquê aqui.

Todos os bancos possuem um código diferenciado para pagamentos e outras transações. Essa numeração é importante para que você realize os seus pagamentos em bancos diferentes do seu ou para transferências no qual o destinatário tem conta em outro banco.

Esses códigos ficam registrados no Compe, que é o Sistema de Compensação de Cheques. O Compe processa e registra a compensação de documentos dos diversos bancos e os cheques. Ele funciona como uma garantia de que o seu dinheiro com certeza chegará ao seu destino.

Por fim, o código existe para que todo o processo de saída de um banco para outro ocorra com segurança. Por isso, essa é uma regra para todos bancos, então todos eles devem ter um código. Ou seja, existe o código Santander, Código Itaú, código Nubank.

O que acontece quando esqueço o código do banco no qual farei a transação?

Se você esqueceu o código Santander, por exemplo, que é o banco no qual fará a transferência, não se preocupe. Hoje não é necessário que você memorize todos os códigos, uma vez que só usará poucas vezes, não é mesmo?

Por exemplo, se sua conta por Itaú e você precisar transferir para uma conta no banco Santander, basta inserir o código Santander durante a sua transação. Você pode achar no próprio aplicativo do celular, ou na internet que encontrará com facilidade.

Mas, se mesmo assim precisar memorizar, basta saber o código que irá precisar usar mais. Por exemplo, se você faz muitas transações para o Santander, saiba que o código Santander para Doc e Ted é o 033.

Finanças

Cartão de crédito com cashback entenda como funciona

Posted by adminfolhas on

Você já viu em algum lugar sobre o cartão de crédito com cashback? Essa é uma das vantagens trazidas pela tecnologia para donos de cartão de crédito, que desejam ter uma parte do valor comprado em alguma produto, de volta.

O usuário do cartão de crédito tem, além de tantas outras vantagens, a opção de receber de volta o dinheiro gasto através do cashback. Mas como acontece isso e de forma ele é beneficiado?

Por mais que no Brasil esse sistema ainda não seja muito utilizado, no exterior já é comum que clientes recebam parte do valor em forma de crédito. Ademais, outra forma de benefício é transformar esse crédito em milhas e assim poder acumular para viagens.

Outrossim, ainda será possível comprar produtos com o valor do cashback que você acumulou. Quer entender como o cashback é? Continue neste artigo.

Cartão de crédito com cashback: como funciona?

Normalmente, nessa modalidade de utilização do cartão de crédito, o cliente irá receber uma parte do valor total de uma compra. No entanto, o valor irá depender do tipo de cartão de crédito que você tem, da empresa ou do banco que emite esse cartão.

Por isso, é bastante normal das instituições financeiras estipularem um valor mínimo para a transação e um valor para o retorno também. Os bancos podem permitir o resgate de diversas formas possíveis. Mas quais são as instituições que oferecem esse tipo de serviço?

Saiba quais instituições são permitidas o cashback

Bem, trouxemos aqui duas opções bastante conhecidas, das quais você terá reembolsado o seu dinheiro gasto no cartão de crédito.

Cartão méliuz:

Através desse aplicativo, os clientes pode ter retornos de cashback nas compras realizadas tanto na internet, quanto em lojas físicas.

Banco Original:

Esse banco oferece cartão de crédito e de débito com cashback. Sendo assim, os valores podem ser resgatas em créditos na fatura ou na conta corrente.

Finanças

Tudo sobre empréstimo com maquininha

Posted by adminfolhas on

 

Contratar um serviço no banco requer tempo e disposição, pois acaba tomando algumas horas do nosso dia. Além disso, há toda uma burocracia para se cumprir.

Desse modo, toda inovação que visa melhorar essa situação é interessante para o mercado. Um exemplo disso é o empréstimo com maquininha, acessível em qualquer lugar e horário.

Com condições diferenciadas e prazos flexíveis, o empréstimo com maquininha pode ser uma boa opção para pequenos e médios empresários que buscam melhorar o serviço e a estrutura das suas empresas.

Empréstimo com maquininha conforme valor de vendas no cartão

Por ser um serviço que pode ser solicitado sem a necessidade de ir até uma agência bancária ou possuir vínculo com banco, o empréstimo com maquininha possui algumas condições diferenciadas. Uma delas, portanto, é no sentido de valor disponibilizado para cada cliente.

O limite disponível para o empréstimo com maquininha costuma ser calculado a partir do volume de vendas do estabelecimento com cartão de crédito.

Dessa forma, aqueles lojistas que possuem grandes vendas com cartão, podem contar um valor pré aprovado maior. Além disso, esse fator pode proporcionar o estendimento do número de parcelas do empréstimo com maquininha.

Empréstimo com maquininha é liberado em até 48 horas

Pelo fato de ser realizado de forma fácil e rápida, o empréstimo com maquininha proporciona outras vantagens. Uma delas é a rapidez em que o dinheiro é disponibilizado.

Caso seja aprovado o empréstimo com o valor solicitado, é possível contar com o dinheiro em no máximo 48 horas.

Entretanto, todos estes benefícios têm um determinado custo. A taxa de juros cobrada pela administradora da máquina de cartão de crédito pode ser ainda maior em relação àquela praticada pelos bancos tradicionais.

Ademais, é importante que o empresário planeje da melhor forma o investimento que deseja fazer, para assim estar mais apto a receber o serviço.

Finanças

Consultar CPF: 3 sites e 3 aplicativos confiáveis para consultar seu CPF

Posted by adminfolhas on

Algum tempo atrás era muito difícil consultar o CPF. Era necessário que a pessoa saísse de casa e até mesmo enfrentasse filas para isso. Atualmente isso pode ser feito de maneira simples através da internet, por computador, tablete ou smartphone. Para isso, existem alguns sites específicos:

Sites para consultar CPF

1.      Boa Vista SCPC

Esse serviço possibilita que pessoas físicas realizem a verificação de seu CPF muito facilmente e de maneira gratuita.

2.      Serasa

Através do site Serasa Consumidor também é possível fazer a consulta gratuita pela internet.  Basta realizar um cadastro simples, informando os dados pessoais básicos.

3.      SPC Brasil

O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), apesar de ser o mais famoso, não oferece a opção gratuita para consultar CPF. Para realizar a consulta, é necessário efetuar o pagamento de uma taxa de R$9,90.

Aplicativos para consultar CPF pelo celular

Além das opções de sites, é possível também consultar CPF por meio de aplicativos de celular. Através deles, pode-se consultar CPF de forma simples e rápida apenas utilizando um smartphone com conexão à internet.

1. SerasaConsumidor

O aplicativo “SerasaConsumidor” fornece ao usuário informações completas relacionadas à dívidas com bancos e instituições financeiras. Além disso, o aplicativo fornece também o Serasa Score que possibilita ao usuário o acompanhamento da pontuação que indica se o usuário é um pagador confiável ou se possui grande possibilidade de gerar dívidas, se tornando inadimplente.

2. Guia Bolso

Esse é um aplicativo utilizado principalmente para controle financeiro de maneira geral. Assim, fornece adicionalmente a opção de consultar CPF. Tal funcionalidade informa ao usuário se seu nome está limpo ou não. Os dados são fornecidos de acordo com as informações contidas no sistema do Boa Vista SCPC

3. Pessoa Física

Esse aplicativo é de responsabilidade da Receita Federal. Portanto, permite ao usuário consultar o CPF diretamente com o órgão da União.

 

Finanças

As vantagens de comprar um imóvel com consórcio

Posted by adminfolhas on

O que é um Consórcio de Imóvel?

No Brasil, o sonho da casa própria é um dos mais comuns. Mas, com os altos preços do mercado imobiliário, quase nunca juntar o dinheiro para comprar de uma vez é uma realidade. Para realizar esse sonho, então, as pessoas recorrem a diferentes artifícios, sendo um dos mais vantajosos o Consórcio de Imóvel.

Mas como ele funciona? Imagine que você quer comprar o seu imóvel próprio, mas, apesar de não ter a quantia para pagar de uma vez, poderia pagar parcelas menores uma vez por mês. E agora imagine que há diversas outras pessoas na mesma situação que você. Se uma quantidade grande o bastante dessas pessoas se reunirem suas parcelas, em cada mês esse grupo pode comprar um imóvel à vista!

A reunião dessas pessoas pra fazer a compra é o que chamamos de Consórcio de Imóvel. Uma vez que ele tem início, em cada mês uma pessoa é contemplada por meio de um sorteio e pode fazer a aquisição da sua casa própria. Assim, mais cedo ou mais tarde, até o fim do Consórcio de Imóvel, todos são contemplados.

Apesar do sorteio ser a forma mais comum, os participantes também tem a chance de serem contemplados dando uma oferta de lance, que nada mais é do que oferecer um adiantamento de um valor de suas parcelas futuras. Para ser válido, esse valor, junto ao valor guardado pelo consórcio, precisa ser suficiente para adquirir um novo Imóvel.

Porquê participar de um Consórcio de Imóvel?

A primeira grande vantagem já foi falada: é uma oportunidade de comprar a casa própria sem precisar ter todo o montante guardado. Mas além disso, há diversas outras vantagens.

Uma delas é que, como os Imóveis são adquiridos à vista, não há os juros comuns à diferentes tipos de financiamento. Existem taxas de administração, mas estas costumam ser menores que as de financiamento. Outra vantagem sobre os financiamentos comuns é que não há a necessidade do pagamento de um valor de entrada.

Costumeiramente, em financiamentos habitacionais, a situação do comprador é analisada antes do início do processo de pagamento. Já no Consórcio de Imóvel, a situação só é analisada quando o participante é contemplado. Na prática, isso quer dizer que você pode fazer parte de um consórcio mesmo estando negativado, e pode ter um tempo a mais para resolver sua situação.

Uma vantagem exclusiva do Consórcio de Imóvel é que ele permite usar o FGTS para quitar parcelas e fazer uma oferta de lance. Mas é importante ficar atento às regras para usar o FGTS da sua região, porque elas mudam de um local para outro.

Finanças

Simular Empréstimos: 2 Formas de simular empréstimo na internet

Posted by adminfolhas on

Com a crise financeira do nosso país não são raras as ocasiões em que precisamos de um empréstimo para pagar as contas em dia no final do mês. Se você nunca emprestou dinheiro, mas já viu pessoas simular empréstimos deve saber que esse é um ato comum.

Hoje existem muitas maneiras de simular empréstimos na internet, sem sair de casa. Veja a seguir algumas formas de simulação.

Por que simular empréstimos?

Muitas pessoas acham desnecessários ficar na internet e simular empréstimos. É verdade que muitas pessoas fazem isso apenas como forma de especulação ou curiosidade, e não vão fazer empréstimos.

Mas para a grande maioria das pessoas que realmente precisam simular empréstimos, deve saber que esse ato é fundamental para conseguir um empréstimo com juros e taxas baixos.

Por isso se você estiver precisando de um empréstimo, faça a sua simulação sim, e obtenha o melhor empréstimo para você. Veja a seguir algumas formas de simular empréstimos sem sair de casa.

Como simular empréstimos?

Se você deseja saber como simular empréstimos veio ao lugar certo. É muito simples as formas que a internet disponibiliza para fazer a simulação.

Na internet você encontra diferentes simuladores, que estão disponíveis 24 horas por dia. Por exemplo você encontra esses simuladores nos sites dos bancos e também das financiadoras.

Busque nos sites de bancos esses simuladores online e faça a sua simulação gratuitamente.

Outra forma de fazer a simulação é através dos chats disponíveis nos sites dos bancos. Através desses chats você consegue de forma online simular empréstimos, você consegue negociar taxas de juros com a atendente e muito mais.

Por se tratar de meios rápidos de simulação, faça quantas simulações forem necessárias para você saber onde conseguir as melhores taxas e os melhores juros.

Finanças

Empréstimo Pessoal: O que é um empréstimo Pessoal?

Posted by adminfolhas on

O  empréstimo pessoal, ou crédito pessoal como é chamado por muitos, é um crédito indicado para pessoas que precisam de dinheiro rápido para quitar alguma dívida, financiar uma viagem ou investir em algum negócio que está abrindo. Não é preciso informar qual será o destino do dinheiro no momento da contratação, porém, é preciso comprovar a sua renda, até mesmo para saber se você consegue pagar pelo valor que está pegando emprestado.

O empréstimo pessoal tem as parcelas facilitadas, podendo ser pagas em até 180 meses, dependendo da financeira concedente do crédito.

Quem pode fazer um empréstimo pessoal?

empréstimo pessoal pode ser feito por qualquer pessoa que tenha algum tipo de renda. Pessoas negativadas também podem solicitar empréstimo pessoal, porém, as taxas para esses são maiores devido ao risco de inadimplência.

Algumas financiadoras tem a modalidade de empréstimo pessoal com garantia onde, você coloca algum bem seu (carro, imóvel, etc.) como garantia de pagamento das parcelas. Nesse caso, o valor das taxas e juros acabam sendo bem menores.

Como contratar um empréstimo com menor taxa de juros

Primeiramente, antes de contratar um empréstimo pessoal é preciso pesquisar as propostas que mais lhe agrada. Isso tudo pode ser feito pela internet, através de simulações nos sites das próprias financiadoras.

Em quanto tempo recebo o dinheiro solicitado?

Com o seu empréstimo pessoal aprovado, você poderá receber o dinheiro no mesmo dia, dependendo da financiadora. Essa parte é muito rápida. É importante fazer o pagamento da mensalidade do seu empréstimo pessoal no dia para não ter juros em cima das parcelas, fazendo o empréstimo ficar com valor maior.

Fazer empréstimo pessoal tem algum custo?

Os juros do empréstimo pessoal podem oscilar entre 1 e 15% ao mês, além disso há cobrança do IOF sobre o valor financiado. O custo do empréstimo pessoal varia conforme o valor e prazo de pagamento. Quanto antes você liquidar a dívida menor será o valor.

É possível ter mais de um empréstimo pessoal?

Sim, desde que você comprove que possa pagá-los.

Finanças

Máquina de cartão: como encontrar a melhor opção para o seu negócio

Posted by adminfolhas on

A utilização de cartões de débito, crédito e cartões refeição é algo muito comum nos dias de hoje. Então, aceitar essa forma de pagamento é um item essencial dentro de um estabelecimento comercial. A maioria da população está em busca de segurança e praticidade, principalmente quando se fala em dinheiro.

Para vender através dos cartões, é necessário que o estabelecimento tenha um terminal eletrônico de transmissão de dados financeiros, ou como é conhecido popularmente, uma máquina de cartão. Para isso, o comerciante precisa comprar ou alugar essa máquina de alguma das empresas disponíveis no mercado.

Principais empresas fornecedoras de máquinas de cartão

  • Cielo;
  • Rede;
  • GetNet;
  • PagSeguro;

Como encontrar a melhor opção para seu negócio

Separamos para você, algumas dicas de como você pode encontrar e escolher a melhor opção de máquina de cartão para o seu negócio. Veja a seguir:

Tenha uma máquina de cartão que aceite mais de uma bandeira

Aceitar mais que uma bandeira de cartão é essencial, na verdade, quanto mais bandeiras você aceitar, melhor. Afinal, você não quer perder nenhuma venda pelo motivo de não aceitar aquela forma de pagamento, não é mesmo? Se você trabalhar no ramo alimentício, você deve adquirir uma máquina que aceite os cartões refeição.

Saiba seu volume de venda

Antes de adquirir uma máquina de cartão, entenda qual o seu volume de venda. Isso porque, existem diversos tipos de máquinas de cartão, umas para pouco volume e outras para grandes volumes de venda. Você deve investir naquela que não te deixará na mão.

Vale a pena pagar mensalidade da máquina de cartão?

Uma avaliação que você tem que fazer é sobre comprar ou alugar uma máquina. Você tem que ver o que vale mais a pena para você. Pois, existem empresas que vendem máquinas onde você paga o valor do aluguel por dez meses e ao final desse período a máquina é sua.